Controle sua Loja com NEX. É Grátis!

Voltar ao Início do Blog
Gestão

3 passos para lidar com o endividamento em seu comércio

Se você está passando por uma situação de endividamento, saiba que não é o único e que há solução.

Sabemos o desafio diário que os comerciantes enfrentam para garantir o faturamento satisfatório de seu negócio. Em meio a esse desafio surgem as crises financeiras. Se você está passando por uma situação de endividamento, saiba que não é o único e que há solução. O primeiro passo é encarar o problema. Ignorá-lo não vai resolver, ao contrário, quanto mais você demorar para enfrentar uma crise financeira, mais difícil será encontrar uma solução.

Neste texto vou falar de três passos básicos para começar a enxergar uma solução e diminuir seus dias de estresse e ansiedade.

1 Analise a causa do endividamento

Você já ouviu isso algumas tantas vezes aqui no blog e em outras fontes que possa ter buscado para melhorar seu comércio: planejamento é fundamental. Tudo começa com a análise de seu comércio. Com o endividamento não é diferente: antes de qualquer passo, para sanar uma dívida você precisa saber o que está causando esse rombo financeiro.

Essa resposta nem sempre é óbvia como uma baixa nas vendas. Você pode estar vendendo bem e, mesmo assim, as dívidas podem estar aumentando. Então, é importante analisar seu comércio como um todo. A causa pode estar na relação entre receitas e despesas, nos prazos de recebimento, no pagamento aos fornecedores e até em seu estoque. Para este primeiro passo é importante que leia outros textos aqui do blog para ajudar a realizar essa análise de forma mais profunda e eficaz:

O fluxo de caixa no comércio;

Dinheiro dos sócios x dinheiro da empresa; e

Gestão financeira: definindo o que são gastos.

Agora que você já sabe o que está causando esse endividamento, vamos ao segundo passo.

2 Renegocie dívidas

“Devo e não nego, pago quando puder”. É difícil encontrar quem não tenha repetido essa expressão popular em algum momento, seja falando seriamente ou brincando. Eu mudaria a expressão para “pago quando e COMO puder”. Renegociar sua dívida tem a ver com novos prazos e novos juros.

Seus credores querem resolver essa questão tanto quanto você. Se a crise for inédita, será mais fácil renegociar. Nem pense em procurar agiotas, por exemplo. O que você precisa não é aumentar os juros, é diminui-los. Escolha pagar primeiro as dívidas com juros mais caros. Assim, ao longo do tempo, você diminui os gastos relativos aos juros.

Quando for renegociar uma dívida, seja com fornecedores ou banco, tenha na ponta do lápis o resultado daquele primeiro passo. Se você fez essa análise de forma correta saberá as projeções de faturamento e, com isso, poderá negociar de forma realista. O fluxo de caixa é a ferramenta indicada para saber em quantas parcelas você poderá negociar o pagamento, por exemplo. Não adianta se desesperar e firmar um compromisso que não seja viável cumprir. Mantenha os pés no chão e a tranquilidade. Afinal, renegociar é se dispor a sanar sua dívida e não refazer promessas impossíveis de cumprir.

Com fornecedores é possível negociar prazos maiores para pagamentos e até compra em consignação dependendo do segmento. Lembre-se que o pequeno varejo é uma das maiores redes de distribuição de grandes marcas. Por isso, não subestime seu poder de barganha. 

Antes de recorrer ao banco para sanar dívidas tenha em mente qual o foco: renegociar dívidas já firmadas ou financiar um empréstimo com juros mais baixos para sanar uma dívida já existente em outro banco ou financeira.

No caso de renegociar uma dívida já firmada, procure por juros e prazos mais adequados. Se o seu histórico como credor é bom, o gerente vai entender que aquela crise é momentânea, o que pode facilitar o sucesso dessa renegociação.

Tanto em sua negociação com fornecedores quanto com bancos, se a crise é reflexo de um fator externo, como a situação econômica do Brasil, mostre seus relatórios de vendas para comprovar de que forma seu comércio foi atingido.

Use a estatística de vendas por período disponível na aba “estatísticas” do Programa NEX. Saiba mais, clicando aqui.

3 Diminua custos e despesas

Com as dívidas renegociadas, o estresse diminui e você pode olhar para seu negócio com tranquilidade para encontrar formas de diminuir custos e despesas.

É importante não cortar despesas que possam impactar a qualidade de seu produto, serviço e atendimento. Você precisa manter a qualidade com o menor custo possível. Para isso, reveja seus gastos, se organize e acompanhe seu fluxo de caixa diariamente.

Para ajudar neste tarefa, leia o texto “Despesas mensais: como diminuí-las sem comprometer a qualidade de seu produto ou serviço”.

Se você mantém produtos em estoque, procure comprar quantidades menores com maior prazo de pagamento. Estoque é patrimônio imobilizado e num momento de crise você precisa gerar maior faturamento, maior giro de dinheiro. Se as vendas diminuíram, analise seu estoque mínimo, e, se for possível, atualize para uma quantidade menor.

Saiba como definir seu estoque mínimo e máximo no texto: “Gestão de estoque para não perder vendas”.

Se você optar pela demissão de funcionários, reflita bem antes de tomar essa decisão. Se aquele funcionário conhece bem o seu comércio e os clientes, ele pode ser uma peça importante para manter as vendas. Além disso, o custo com a demissão pode aumentar seu endividamento. E isso é tudo o que você precisa evitar num momento de crise financeira. Com uma boa gestão, logo seu comércio vai conseguir se equilibrar novamente e esse  funcionário vai fazer falta.  

Para finalizar, um presente: neurocientistas do Reino Unido desenvolveram uma pesquisa para conhecer o efeito da música para diminuir a ansiedade. Conforme publicado no site da revista Pequenas Empresas, Grandes Negócios: “A música que produziu o melhor efeito de tranquilidade nos participantes se chama Weightless (ou ‘sem peso’ na tradução livre do inglês). Quando expostos a essa trilha sonora, eles apresentaram nível de ansiedade 65% menor do que o registrado anteriormente.”

 

Aperte o play, mantenha o foco e persista. Essa crise será só mais um desafio dos tantos que você vai superar em sua jornada como comerciante.

Este tema foi assunto de nossa live "Papo de Balcão". Se você não conseguiu acompanhar ao vivo, não se preocupe, esse e outros vídeos com dicas para o pequeno comércio estão disponíveis em nosso Canal do YouTube. 

 

Carol

Oi! Eu sou a Carol, do Nex. Estou aqui para ajudar aos pequenos comerciantes como você, a desenvolver todo potencial de seu negócio. Toda semana escrevo sobre algum assunto relacionado ao pequeno comércio: são dicas de gestão financeira, controle de estoque, marketing e vendas. Envie suas sugestões!

Conheça o Programa NEX

O NEX é um sistema de gestão comercial completo para sua loja!

Download Grátis

Deixe seu comentário!

Fique por dentro!

Deixe seu e-mail para receber novos conteúdos como este

Obrigado, seu e-mail foi cadastrado com sucesso!

Desculpe, alguma coisa não deu certo. Por favor, tente novamente!

COMPARTILHE

Fique por dentro!

Deixe seu e-mail para receber novos conteúdos como este

Obrigado, seu e-mail foi cadastrado com sucesso!

Desculpe, alguma coisa não deu certo. Por favor, tente novamente!

Conheça o Programa NEX

O NEX é um sistema de gestão comercial completo para sua loja! Fácil de implantar, Simples de Usar e com todo o Suporte que você precisar.

Download Grátis
Central de Ajuda

Para dúvidas sobre o Programa NEX ou Suporte Online...

Acesse a Central de Ajuda
Veja também:

Veja mais sobre

"Financeiro"
Voltar ao Início do Blog

Simplificando a vida de mais de 50 mil lojas em todo Brasil

O Programa NEX é um sistema de gestão comercial que vai facilitar a rotina da sua Loja. Com ele você pode controlar seu estoque, registrar suas vendas, controlar o caixa, emitir nota fiscal, fazer orçamentos, imprimir recibos e etiquetas, cadastrar clientes, produtos, fornecedores, controlar as contas a pagar e muito mais!

Baixe agora mesmo. É fácil!

Você já está sendo redirecionado...

Oops! Algo deu errado, por favor tente novamente!   :(

Procurando um app de Vendas para Celular?

Conheça o Kyte, o aplicativo de Vendas da NEXTAR criado especificamente para os celulares Android ou iPhone.

OBS: o Kyte não funciona integrado ao NEX.

Nós pedimos o seu e-mail para ajudá-lo durante o processo de implantação do NEX; para mantê-lo atualizado sobre as novidades do sistema; ou com conteúdo relevante sobre comércio.

Nós não vamos vender ou disponibilizar o seu endereço para terceiros. Você poderá cancelar o recebimento de nossos e-mails a qualquer momento, diretamente de todas as nossas comunicações.

Ao baixar e instalar o Programa NEX você concorda com os Termos de Serviço do Software

A Nextar é uma empresa especializada em desenvolvimento de software para comércio, com 16 anos de experiência, presente em mais de 50 mil estabelecimentos em todo Brasil.

Criadora do Programa NEX, para lojas e comércios de todos os tipos e também do gerenciador de Lan Houses NexCafé, possui conhecimento profundo do dia a dia de seus clientes e oferece soluções de qualidade para transformar o gerenciamento de um comércio em uma tarefa simples, fácil e segura.

Conheça melhor a Nextar