Voltar ao Início do Blog
Gestão

Como vender pelo iFood: como cadastrar e vender

Abrindo um restaurante ou lanchonete e em ainda está dúvidas sobre como vender pelo iFood? Conheça todos os detalhes em nosso guia completo sobre o assunto!

O que você vai encontrar nesse texto:

  • O que é preciso eu para cadastrar meu restaurante no iFood?
  • Quanto custa vender pelo iFood?
  • É possível cadastrar meu restaurante no iFood sem ter uma equipe de entregadores?
  • Como cadastrar meu cardápio no iFood de forma atrativa?
  • O que preciso colocar no perfil do restaurante?
  • 4 dicas para aumentar suas vendas pelo ifood
  • Porque eu devo colocar meu restaurante no iFood?
  • Entenda como funciona o aplicativo do iFood
  • Conheça os recursos que a ferramento do ifood oferece
  • Perguntas frequentes sobre como vender no ifood
  • O que é o iFood?
  • ifood vs uber eats: qual o melhor?
  • Gestor de pedidos do ifood: como administrar seus pedidos de forma eficiente
  • Qual impressora usar para pedidos no iFood?

O que você vai encontrar nesse texto:

  • O que é preciso eu para cadastrar meu restaurante no iFood?
  • Quanto custa vender pelo iFood?
  • É possível cadastrar meu restaurante no iFood sem ter uma equipe de entregadores?
  • Como cadastrar meu cardápio no iFood de forma atrativa?
  • O que preciso colocar no perfil do restaurante?
  • 4 dicas para aumentar suas vendas pelo ifood
  • Porque eu devo colocar meu restaurante no iFood?
  • Entenda como funciona o aplicativo do iFood
  • Conheça os recursos que a ferramento do ifood oferece
  • Perguntas frequentes sobre como vender no ifood
  • O que é o iFood?
  • ifood vs uber eats: qual o melhor?
  • Gestor de pedidos do ifood: como administrar seus pedidos de forma eficiente
  • Qual impressora usar para pedidos no iFood?

Não importa se há um fortalecimento econômico ou uma crise generalizada, o setor alimentício costuma ser bastante seguro e chega a apontar crescimento mesmo em períodos de adversidade, como durante a quarentena causada pelo Coronavírus

Isso se deve a um princípio muito básico: todo mundo precisa comer. Mas como é possível lucrar em um segmento que diariamente apresenta um novo concorrente?

Para se destacar, muitos restaurantes procuram novas maneiras de expandir seu alcance e tornar- se a opção mais conveniente para os possíveis clientes. 

E, do ponto de vista do consumidor, o que é mais conveniente do que comida pronta e quentinha a dois toques na tela do celular?  

Aplicativos de entrega vêm crescendo muito e sugerem um novo futuro para quem trabalha com refeições. 

Pensando nesta tendência, preparei uma trilha completa para falar sobre essas ferramentas, começando por uma das primeiras a se afirmar no mercado: o iFood.

O que é preciso para eu cadastrar meu restaurante no iFood?

como vender pelo ifood o que preciso para eu cadastrar meu restaurante

Embora o iFood possua a categoria de comidas congeladas, é importante que as refeições não exijam preparo e o ideal é que estejam prontas para consumo imediato, a fim de facilitar a vida dos clientes. 

Porém, para cadastrar um restaurante na plataforma não existe pré-requisito, no que se trata de tamanho ou alcance do seu negócio. 

Só é preciso atender a algumas demandas básicas:

  • Ter um computador com Windows*, uma impressora não-fiscal e acesso à Internet.
  • Possuir um CNPJ (Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas).
  • Contar com uma equipe eficiente de entregadores.

Se o seu estabelecimento já cumpre esses pré-requisitos, vá até o site oficial (disponível ao final do texto), preencha o formulário no menu de cadastro, envie os seus dados para a análise e aguarde o contato da equipe do iFood. 

Se a resposta for positiva, você assina um contrato on-line e já começa a configurar o seu cardápio. 

O contrato não tem fidelidade e pode ser cancelado assim que for necessário.

Quanto custa vender pelo iFood?

- Quanto custa cadastrar meu restaurante no iFood?

O cadastro, propriamente, é gratuito. 

Porém, o iFood cobra comissões sobre o valor total dos pedidos, ou seja, o preço dos pratos somado à taxa de entrega. 

O cálculo da comissão é de acordo com o seu contrato vigente. 

Não há um tempo mínimo específico, mas depois de se tornar parceiro do iFood por algum tempo, você pode entrar em contato com a equipe e negociar novas condições.

A cobrança pode ser feita de duas maneiras diferentes: você pode optar por receber um boleto com o valor total das comissões ou abater do seu crédito de pagamentos online, que é o valor que o iFood tem acumulado para repassar a você.

É necessário avaliar todo o seu cardápio, item a item, para manter o preço atrativo de forma que não prejudique o seu faturamento. 

O aplicativo reverte uma parte da venda em comissão, mas também amplifica seu potencial de venda e lucro. 

Pense nessa estratégia como um investimento.

- E como o dinheiro é repassado para mim?

A forma de pagamento escolhida pelo consumidor é que indica a forma como o iFood repassa o seu lucro.

Caso o seu cliente escolha pelo pagamento em dinheiro, convém ao próprio restaurante calcular o troco e realizar as transações.

Para os pagamentos on-line, o iFood repassa o montante duas vezes ao mês: todo dia 15 e 30. 

Todo o valor é armazenado, recalculado com taxas de conveniência e comissão, e então o dinheiro é transferido para a sua conta cadastrada.

É possível cadastrar meu restaurante no iFood sem ter uma equipe de entregadores?

É possível, sim! Atualmente, o iFood oferece a possibilidade de um serviço que inclui a contratação de entregadores. 

Assim, você não se preocupa com a burocracia envolvida na admissão de funcionários, compra e aluguel de automóveis ou gastos com manutenção, mas paga uma taxa de terceirização de serviços.

Você tem duas opções de planos:

  • Pagar uma comissão sobre todos pedidos que receber pelo iFood e todas as entregas passam a ser responsabilidade da plataforma. Este plano conta com um número limite de entregas, caso você ultrapasse o limite estabelecido na contratação, será cobrado o valor adicional de uma mensalidade.
  • Ou pagar apenas pelos pedidos em que acionar os motoboys do iFood. É paga uma taxa fixa por pedido, tendo a opção de repassar integralmente ao cliente.

Como cadastrar meu cardápio no iFood de forma atrativa?

como vender pelo ifood como cadastrar meu cardapio de forma atrativa

Quando você se torna um parceiro, o iFood mostra todos os tipos de cadastros de cardápio possíveis e te auxilia durante o processo. 

O interessante, aqui, é como tornar o seu cardápio atrativo o suficiente para que o cliente não procure outros restaurantes.

  1. Para fazer o cadastro adequadamente, organize seus pratos por categorias, ordene por complexidade e destaque os mais vendidos e procurados. Os possíveis clientes passam seu cardápio de cima para baixo, então você pode escolher o que eles vêem primeiro.
  2. Coloque descrições detalhadas sobre ingredientes ou modo de preparo de cada refeição. Clientes não conseguem fazer perguntas em tempo real, então, certifique-se de que não terão dúvidas a respeito do que está sendo oferecido. Esse é um aspecto definitivo para quem tem restrições alimentares.
  3. Coloque boas fotos de seus pratos ao lado de alguns dos itens do seu cardápio. Procure usar fotos realistas e, se possível, profissionais. Imagens da internet podem ilustrar o seu produto, caso não sejam tão conhecidos, mas não têm o mesmo efeito das imagens reais.

O que preciso colocar no perfil do restaurante?

Através da plataforma, o consumidor pode navegar livremente pelos menus de todos os seus concorrentes. 

O cliente também pode filtrar os restaurantes por tipo de comida, tempo de entrega, faixa de preço, entrega gratuita, distância, tipo de pagamento e outras características, o que altera os restaurantes, mas não a ordem de preferência. 

Portanto, ao editar o perfil do seu restaurante, você não pode esquecer de:

  • Apontar o horário correto de atendimento.
  • Adicionar todas as formas de pagamento aceitas pelo seu restaurante.

4 dicas para aumentar suas vendas pelo ifood

como vender pelo ifood 4 dicas para aumentar suas vendas pelo

1. Fotos atrativas

Mais uma vez reforço a importância de cadastrar fotos dos seus pratos na plataforma, essa é uma maneira de atrair a atenção do cliente para seu restaurante, quanto mais atrativas e apetitosas elas forem, maiores as chances de um cliente comprar de você.

Procure sempre colocar fotos bem iluminadas que destaquem seu produto e de boa qualidade, uma dica para fotos mais apetitosas é mostrar o recheio do seu produto, se você vende coxinhas, por exemplo, uma ideia é cortar uma delas no meio para que o cliente possa ver o interior do seu produto e aumente o desejo de consumir seu prato.

2. Descontos e promoções

Aceitar cupons de desconto no seu restaurante ou até mesmo criar promoções são maneiras de aumentar sua visibilidade na plataforma e ganhar novos clientes.

3. Tempo de entrega

Esteja atento ao tempo de entrega que você está oferecendo para o cliente, ninguém gosta de esperar tempo demais para receber seu lanche. 

É importante manter um ambiente de trabalho eficiente e organizado para que a cozinha e os entregadores consigam fazer seu papel o mais rápido possível. 

Procure ter um tempo de entrega de no máximo 45 minutos, mais tempo do que isso aumenta a probabilidade do cliente desistir de você para comprar com um concorrente que entregue mais rápido.

4. Fique atento às avaliações

Lembre-se que as avaliações influenciam em sua posição, se você deseja atingir as primeiras posições na plataforma é necessário ter avaliações positivas, de preferência acima de 4.6.

Você recebe avaliações mais positivas ao entregar um produto de qualidade para seus clientes respeitando o prazo de entrega, pode também personalizar sua entrega com alguma mensagem de agradecimento por comprar do seu negócio, faça seu cliente se sentir especial.

Ler comentários também é muito importante, além de ser uma maneira de descobrir em quais pontos você ainda precisa melhorar na visão do cliente, você também pode responder a eles, sempre de forma educada.

Por que eu devo colocar meu restaurante no iFood?

  • São mais de 5 milhões de usuários ativos na plataforma.
  • A divulgação do seu restaurante no aplicativo é orgânica, ou seja, o seu alcance vem de pesquisas ou procuras diretas feitas pelo próprio cliente.

Ao tornar seu restaurante um parceiro do iFood, você garante um lugar no “catálogo de restaurantes” mais baixado do Brasil, mas atenção com a qualidade! 

O catálogo prioriza as avaliações de clientes satisfeitos: quanto maior for sua classificação entre seus clientes, mais destaque o seu restaurante receberá no aplicativo. 

O estabelecimento mais bem avaliado pelos consumidores ganha o topo da lista vertical em que são exibidas as opções de restaurantes.

As avaliações vão de uma a cinco estrelas e podem incluir comentários que ajudam outros usuários a tomar decisões sobre um novo lugar para fazer seus pedidos. 

O caráter positivo ou negativo é fator decisivo no desempenho que um estabelecimento tem no aplicativo, pois a maioria dos consumidores opta por consultar a opinião de outros consumidores antes de fazer um pedido pela primeira vez em um estabelecimento que ainda não conhece. 

Os usuários estão tão atentos aos comentários dessas avaliações que é muito fácil encontrar páginas de humor dedicadas somente a eles nas redes sociais.

Um comentário negativo influencia a decisão de compra de outro cliente, mas é possível contorná-lo. 

Ao fim deste texto, indico outra publicação que ensina a lidar especificamente com reclamações e avaliações negativas, mas o que posso adiantar é que o produto que você entrega é o conjunto do sabor da comida, da honestidade com as porções, do cuidado na embalagem, do tempo de entrega e do bom atendimento, sendo que não é de responsabilidade do iFood garantir a qualidade de todos esses quesitos.

Entenda como funciona o aplicativo do ifood

Como funciona o algoritmo do ifood

O iFood tem um algoritmo chamado de machine learning, responsável por entender melhor os comportamentos e padrões dos clientes que usam o aplicativo, dessa forma, é possível sugerir restaurantes que fazem mais sentido para o cliente, de acordo com suas preferências. 

As avaliações, os comentários e a frequência de pedidos no seu estabelecimento influenciam o algoritmo da plataforma.

O que é o ifood shop

O iFood Shop é uma loja virtual criada especialmente para os donos de restaurantes da plataforma, nela participam parceiros do iFood que oferecem produtos com preços muitos mais acessíveis e com ofertas exclusivas para os donos de restaurantes cadastrados na plataforma.

Por se tratar de uma plataforma focada em delivery e food service há itens disponíveis para suprir as necessidades específicas desses tipos de serviço, como embalagens de entrega de comida, mochilas bags para levar as entregas e capacetes para os motoboys.

ifood maquininhas

A plataforma oferece máquinas de cartão para restaurantes parceiros com desconto e ofertas exclusivas, além de disponibilizar diferentes modelos e planos para você escolher o que melhor se adapta ao seu negócio.

Vale ressaltar que as maquininhas de cartão do iFood também podem ser utilizadas por comércios que não sejam parceiros da plataforma e até mesmo fora do ramo gastronômico.

O site disponibiliza uma calculadora que simula as taxas que serão cobradas para você, conforme o plano que você deseja, seu faturamento e o número de parcelas.

Conheça os recursos que a ferramenta do ifood oferece

Depois de finalizar seu cadastro na plataforma e instalar o iConnect no seu restaurante, você já pode começar a receber pedidos, toda vez que um cliente realizar um pedido você será informado através do iConnect.

Ao receber um pedido, você tem até 4 minutos para confirmá-lo, caso contrário ele é automaticamente cancelado. 

O iFood tem uma equipe responsável por cuidar dos pedidos, se eles perceberem que você não confirmou o pedido do cliente após 1 ou 2 minutos, eles entram em contato com você para verificar a sua situação.

Além disso, a plataforma oferece diversas funcionalidades para facilitar sua rotina, como:

Pra Retirar: Neste modelo de pedido, os clientes se deslocam até o restaurante para retirar seu pedido pessoalmente, não havendo cobrança na taxa de entrega.

iFood Hub: Essa proposta foi criada com o intuito de diminuir o tempo utilizado para coletar os pedidos no restaurante e otimizar a rota durante as entregas. 

Ele funciona por meio do recolhimento dos pedidos prontos nos restaurantes vizinhos ao Hub, que agrupa e distribui os pedidos para entregadores parceiros. 

Para usar esse recurso você não tem uma cobrança de custo adicional.

Agendamento de Pedidos: Com esse recurso é possível que o cliente agende seu pedido nos turnos do almoço e jantar, sem custo adicional para ninguém! 

Uma forma de fazer pedido mais prática para os clientes e mais organizada para os restaurantes.

Para conhecer mais recursos que o iFood oferece para restaurantes parceiros acesse:

Produtos do iFood para Restaurantes

Perguntas frequentes sobre como vender no ifood

O que é iFood?

iFood é uma das maiores empresas brasileiras de tecnologia do ramo alimentício. 

O seu aplicativo, que leva o mesmo nome, oferece um serviço para pedidos de refeições através de smartphones, tablets, ou pelo seu site oficial.

A ferramenta permite que o cliente vá ao que a empresa chama de “praça de alimentação online” e avalie suas opções entre os cardápios dos restaurantes cadastrados. 

Além disso, o cliente tem uma previsão do tempo de entrega com base na própria localização, ele pode escolher entre diferentes opções de pagamento (incluindo pagamento online) e confirmar o pedido sem precisar ligar para o restaurante ou se deslocar até ele.

O iFood facilita, em média, cinquenta pedidos por segundo, em horários de pico, e conta com mais de 40.000 estabelecimentos vinculados.

Continue lendo para saber como potencializar suas vendas pelo iFood:

ifood vs uber eats: qual o melhor?

O melhor aplicativo para o seu negócio é aquele que atenda todas as suas necessidades e tenha o melhor custo-benefício, para descobrir qual plataforma se adapta melhor em seu caso, é importante conhecer mais sobre ambas.

De modo geral, as duas plataformas oferecem um sistema com recursos similares e uma interface fácil de usar e simples, tanto o iFood quanto o Uber Eats são ótimos para alcançar mais clientes e aumentar as vendas do seu negócio.

A principal diferença entre ambos é em relação às taxas e mensalidades: a plataforma do Uber eats não divulga o valor cobrado tão claro como seu concorrente, o que se tem de informação é que as taxas cobradas para cada restaurante incluem uma tarifa inicial que engloba uma sessão de fotos profissionais do seu cardápio para publicar na plataforma e um tablet com o sistema de restaurantes do aplicativo. 

Além disso, também existe a cobrança de uma porcentagem sobre o valor final de cada pedido realizado pela plataforma.

Por outro lado, o iFood disponibiliza as informações detalhadas sobre as taxas no próprio site da empresa. 

A plataforma oferece duas opções de entrega, a primeira corresponde às entregas que são realizadas por um entregador do próprio restaurante. 

Nesse caso, as taxas são uma mensalidade de $100,00 mais tarifas de 12% sobre o valor total do pedido e mais 3,5% em pagamento realizados por meio do aplicativo.

A outra opção da plataforma é realizar entregas com motoristas parceiros do aplicativo, o restaurante que optar por essa opção deve pagar uma mensalidade de R$130,00 mais as taxas de porcentagem de entregas que ficam em 27% do valor do pedido.

Qual impressora utilizar para pedidos no iFood?

Depois de assinar o contrato, cadastrar seu perfil e seus produtos adequadamente, você está a poucos passos de aceitar pedidos. 

Agora cabe organizar os processos de venda da forma que mais combina com o seu negócio. 

Em um dos primeiros tópicos, eu comentei que você precisaria de uma impressora não fiscal e o ideal é que ela seja compatível com o formato de impressão utilizado para a emissão de nota. 

A impressora vai possibilitar imprimir as informações de entrega para o motoboy, mas a utilidade dela não para por aí! 

Deixando uma impressora na cozinha, o operador de caixa pode poupar tempo organizando e imprimindo pedidos direto da sua área de operação. 

Assim, é possível controlar o fluxo de produção de entrega sem deixar o caixa.

Se quiser saber mais sobre impressoras, indico um outro artigo do blog, disponível ao final do texto.

Tenho outra alternativa além da impressora na cozinha?

Outra forma de controlar o fluxo de produção é utilizando um monitor de preparo na cozinha ou um terminal para consultas. 

Com o Programa NEX, você tem a possibilidade de utilizar quantos computadores quiser controlando os mesmos eventos e estoque. 

Além disso, você faz controle de caixa, controle de entregas, cadastro de clientes, envio de recibos por e-mail e tem acesso ao NEXapp, aplicativo que permite conferir o desempenho da sua loja em tempo real, de qualquer lugar. 

Para saber mais sobre o uso do Programa NEX em restaurantes e lanchonetes, clique aqui.

Gestor de pedidos ifood: como administrar seus pedidos de forma eficiente

Para poder usar a ferramenta no seu estabelecimento é necessário ter o Iconnect, o gestor de pedidos da plataforma. Com ele você recebe, confirma e despacha os pedidos que foram feitos pelo iFood.

É importante que o operador do software esteja atento às informações do pedido como endereço de entrega, verificar todos os itens do pedido e ficar atento às observações do cliente antes de confirmar o pedido e despachá-lo. 

É responsabilidade do operador também atualizar as situações dos pedidos e informar em que etapa estão: pendente, em preparo, saiu para a entrega e entregue.

Como vender pelo iFood pessoa física?

Para realizar o cadastro e começar a vender no iFood é necessário cadastrar um CNPJ, portanto não é possível vender na plataforma como pessoa física, apenas pessoas jurídicas podem se cadastrar na plataforma.

MEI pode vender no ifood?

Sim! É possível vender no iFood como MEI, mas é preciso ficar atento às limitações de um microempreendedor individual, para saber mais e aprender como abrir uma MEI sem pagar nada basta clicar aqui.

O que mais vendeu no iFood em 2020?

No ano de 2020 a plataforma do iFood apresentou um aumento significativo em seu número de vendas devido à pandemia causada pelo coronavírus. 

Contudo, a plataforma ainda não liberou os dados sobre os produtos mais vendidos em 2020.

Um levantamento feito pelo iFood, mostrou que houve um aumento de 435% em pedidos de material de limpeza e álcool em gel no ano passado, produtos não perecíveis também se destacaram, como arroz e feijão que subiram 45%, além de um aumento de 73% em consumo de lanches e refeições que não são considerados pratos principais.

Conclusão

O ramo alimentício, embora tenha um dos mercados mais competitivos, também possui uma demanda muito grande. 

O iFood pode aumentar sua visibilidade e aumentar suas vendas, mas não recomendo depender de apenas uma única plataforma.

Use estratégias diferentes de maneira alinhada para fortalecer ainda mais seu comércio, redes sociais e iFood juntos garantem uma visibilidade muito maior para o seu negócio! 

O importante é estar onde seus clientes estão, não se limite a um canal de vendas.

Empreender pode parecer complicado no começo e até assustar um pouco, mas saiba que o Blog do Nex está aqui para ajudar você com dicas para destacar seu comércio no mercado.

Links úteis:

Este texto é o primeiro de uma trilha sobre tecnologias voltadas para o ramo alimentício. Conheça mais textos da sequência:

Ficou com dúvidas ou tem alguma sugestão? Comente!

Camila

Olá, meu nome é Camila Upegui! Estou aqui para ajudar você, pequeno comerciante, na gestão de seu negócio. Toda semana vou trazer novos conteúdos cheios de dicas para facilitar sua rotina e ajudar seu comércio a crescer. Caso tenha alguma dúvida ou sugestão, não deixe de comentar!

Conheça o Programa NEX

O NEX é um sistema de gestão comercial completo para sua loja!

Download Grátis

Deixe seu comentário!

COMPARTILHE

Fique por dentro!

Deixe seu e-mail para receber novos conteúdos como este

Obrigado, seu e-mail foi cadastrado com sucesso!

Desculpe, alguma coisa não deu certo. Por favor, tente novamente!

Conheça o Programa NEX

O NEX é um sistema de gestão comercial completo para sua loja! Fácil de implantar, Simples de Usar e com todo o Suporte que você precisar.

Download Grátis
Central de Ajuda

Para dúvidas sobre o Programa NEX ou Suporte Online...

Acesse a Central de Ajuda
Veja também:

Inscreva-se no Blog

Junte-se à comunidade e receba gratuitamente novidades
e dicas sobre estoque, nota fiscal, gestão e muito mais!

Obrigado, seu e-mail foi cadastrado com sucesso!

Desculpe, alguma coisa não deu certo. Por favor, tente novamente!