Controle sua Loja com NEX. É Grátis!

Voltar ao Início do Blog
Gestão

Marketplace ou E-commerce: qual é o mais adequado para o seu negócio?

Saiba quais são as principais diferenças entre Marketplace, E-commerce e Catálogo Online e alavanque suas vendas pela internet.

Muitos comerciantes estão investindo em vendas pela internet, não só por conta da epidemia do coronavírus, mas também pela facilidade com que se pode montar uma loja online. Porém, o que pode causar certa confusão está nos termos que definem o modelo de negócio: e-commerce ou marketplace?

Em poucas palavras, um e-commerce é uma loja online exclusiva, é o espaço virtual da sua marca. Já o marketplace, funciona como um shopping na internet, são várias lojas vendendo produtos no mesmo lugar. Cada modelo reserva suas próprias características, e eu as explorei ao longo deste texto. A seguir, você acompanha quais são as principais diferenças entre marketplace e e-commerce, qual combina mais com o seu negócio e como utilizar a internet para potencializar as vendas da sua loja física com um catálogo digital. 

O que é um marketplace

O conceito de marketplace é simples: um grande espaço virtual que permite a diferentes lojistas virarem parceiros de vendas. Um marketplace oferece toda a plataforma de vendas e a influência que vem com uma grande marca, como é o caso das Americanas, do Magazine Luiza e do Shoptime. Dessa forma, um pequeno comerciante pode utilizar a estrutura de sites consolidados, como os citados acima, para expôr e vender seus próprios produtos a milhares de visitantes mensais.

De modo geral, o varejista paga uma comissão sobre pedidos aprovados, que varia muito entre um marketplace e outro, mas que deve girar entre 16% e 20% do valor de venda, sendo que também há variação de taxas para diferentes categorias de produto. Vale lembrar que, em determinados marketplaces, cabe ao lojista absorver os custos de entrega da mercadoria, como é o caso do Mercado Livre e do Facebook Marketplace.

Quando um cliente entra em um marketplace, ele consegue encontrar uma grande variedade de produtos no mesmo lugar. Quando se acessa a Amazon, por exemplo, um consumidor pode comprar mercadorias de segmentos e de lojas diferentes em um único carrinho, efetuando um só pagamento. Essa facilidade é muito atrativa. Mas como um marketplace é uma rede de vendedores dentro de um mesmo site, a concorrência está a um clique de distância. Então mantenha a descrição dos seus produtos super detalhada, esteja disponível para responder dúvidas e ofereça um preço competitivo sempre que possível. E atenção redobrada com promoções! Preços muito abaixo do mercado geram desconfiança quanto a qualidade do seu produto e colocam em risco a saúde financeira do seu negócio.

Investir na estratégia de marketplace pode ser uma ótima saída caso você esteja começando seu negócio agora. Afinal, dispensa o aluguel de um espaço físico e você pode começar da sua casa, tomando todos os cuidados em relação ao contágio do coronavírus. Mas mesmo que você já esteja decidido que esse é o caminho que quer seguir, continue a leitura para saber mais sobre e-commerce e compare estratégias.

O que é um e-commerce

E-commerce é a abreviação de electronic commerce, que se traduz para “comércio eletrônico”. O e-commerce, por sua vez, se refere às transações de venda realizadas inteiramente online. A escolha da mercadoria pelo cliente, a finalização do pedido e o pagamento devem ser realizados por meios digitais, sendo que neste tipo de comércio, a única etapa fora da internet é a de entrega das encomendas aos consumidores.

O processo de compra não é muito diferente de uma loja física. De certa forma, o e-commerce conduz o cliente a concluir algumas etapas: primeiro, ele chega à sua loja virtual e escolhe o que procura, então ele coloca os produtos no carrinho e segue para a página em que se finaliza a compra. Nesse momento, o cliente preenche os dados de entrega para que o frete possa ser calculado e em seguida, efetua o pagamento. 

Os meios de pagamento são um tópico importante quando se trata de e-commerce. Entre as formas geralmente disponibilizadas estão os cartões de crédito ou débito, o boleto e, de maneira menos frequente, a transferência bancária. É sempre importante fornecer mais de uma opção, visto que assim, os clientes podem escolher aquelas que se encaixam melhor em seus perfis de consumo. Ressaltando que a forma como esses meios de pagamento serão integrados vai depender do canal, ou plataforma, de vendas online

E assim como em uma loja física, os produtos de um e-commerce precisam estar dispostos de forma atraente para os visitantes. É necessário pensar que, ao comprar online, os clientes não podem manusear o produto antes de comprarem. Portanto, compense essa experiência com boas fotos e descrições detalhadas de cada mercadoria. Ofereça o máximo de informações e não esqueça das cores disponíveis, comente sobre as texturas, informe o peso e as dimensões de todos os produtos.

Quanto ao investimento, o e-commerce permite que se inicie um negócio com valores relativamente inferiores aos de uma loja física. Além disso, uma loja completamente online permite que suas vendas sejam realizadas a qualquer horário, sem a necessidade de vendedores atendendo em horário comercial. Porém, os custos de aluguel da plataforma, identidade visual e logística podem ser muito altos, afinal toda a estrutura é de sua responsabilidade.  

As vantagens do catálogo online

Catálogos online são uma forma eficaz de divulgar seus produtos, reunindo-os em sites únicos. São uma estratégia de marketing digital das que mais fidelizam e atraem clientes que possivelmente não conheceriam seu negócio, pela distância, ou mais recentemente, por prevenção ao covid-19. Não é coincidência que grandes empresas apliquem a mesma estratégia, afinal você encontra com muita facilidade o Catálogo Online Boticário, o Catálogo Amazon Prime e até mesmo o Catálogo Jequiti. 

Além disso, catálogos online exigem menos complexidade na operação e a criação, em si, é mais rápida e inteiramente personalizável. Quanto ao processo de vendas através de um catálogo digital, você pode dar continuidade com o auxílio das redes sociais mais usadas pelos seus clientes, o que abre ainda mais espaço para outras estratégias de fidelização. 

O Programa NEX, por exemplo, integra o catálogo online à sua gestão como um todo. Você controla todos os processos de vendas da sua loja e recebe gratuitamente um endereço exclusivo na internet para ser o catálogo online dos seus produtos. Você cadastra rapidamente as informações do seu estoque, personaliza as fotos dos seus produtos e capricha nas descrições para começar a divulgar imediatamente o seu site nas redes sociais, no WhatsApp, através de e-mails ou como preferir. Caso queira saber mais sobre este recurso do Programa NEX, clique aqui e aproveite todos os recursos gratuitos. Afinal, através de um catálogo online você atrai todo tipo de cliente mencionado ao longo do texto. 

E se você já é dono de um comércio físico, considere utilizar um catálogo online para atrair clientes, expondo seus produtos em uma vitrine virtual. Um catálogo digital é uma ótima maneira de organizar sua mercadoria para que todo mundo encontre o que procura, com a facilidade de poucos cliques. Além de ser uma alternativa mais barata em relação aos marketplaces e plataformas de e-commerce, o catálogo online traz o seu comércio físico ao ambiente digital e você pode finalizar as vendas combinando a retirada no balcão, ou o envio através de entregadores e transportadoras.

A internet como um canal de prospecção

Uma pesquisa do site eMarketer, publicada em 2018, apontou os principais motivos que levam consumidores a comprar pela internet. O resultado foi dividido desta forma: 

  1. Conveniência (43%).
  2. Preços (19%).
  3. Entrega em casa (8%).
  4. Variedade de produtos (8%).
  5. Facilidade de comparação dos produtos e disponibilidade de avaliações dos artigos (4%).

Lembrando que esses dados são de um período anterior ao da pandemia do coronavírus. Supõe-se que o tópico “segurança” deva aparecer nas próximas pesquisas. Mas um número que me chamou bastante atenção, foi de comparação de produto e avaliações (4%). Significa que essas pessoas estão utilizando a internet apenas para “dar uma olhadinha”.

Crie um relacionamento saudável com a comunidade online da sua cidade ou região e participe de grupos de vendas no Facebook, poste regularmente as novidades da sua loja no Instagram e tire as dúvidas dos seus clientes através do Whatsapp. Considere, inclusive, investir em anúncios digitais. Marcar presença online nunca foi tão importante quanto neste momento! 

E, para finalizar, eu gostaria de saber se você conseguiu entender a diferença entre marketplace, e-commerce e catálogo online. Qual opção pareceu mais vantajosa? Vamos conversar nos comentários! 

Edson

Oi, eu sou o Edson Macari! Estou aqui para ajudar a simplificar a gestão de seu pequeno comércio. Vou escrever sobre assuntos relacionados à gestão, ao atendimento, à equipe e a tudo o que envolve seu dia a dia como comerciante. Ficarei feliz em receber suas sugestões!

Conheça o Programa NEX

O NEX é um sistema de gestão comercial completo para sua loja!

Download Grátis

Deixe seu comentário!

Fique por dentro!

Deixe seu e-mail para receber novos conteúdos como este

Obrigado, seu e-mail foi cadastrado com sucesso!

Desculpe, alguma coisa não deu certo. Por favor, tente novamente!

COMPARTILHE

Fique por dentro!

Deixe seu e-mail para receber novos conteúdos como este

Obrigado, seu e-mail foi cadastrado com sucesso!

Desculpe, alguma coisa não deu certo. Por favor, tente novamente!

Conheça o Programa NEX

O NEX é um sistema de gestão comercial completo para sua loja! Fácil de implantar, Simples de Usar e com todo o Suporte que você precisar.

Download Grátis
Central de Ajuda

Para dúvidas sobre o Programa NEX ou Suporte Online...

Acesse a Central de Ajuda
Veja também:

Veja mais sobre

"Financeiro"
Voltar ao Início do Blog

Simplificando a vida de mais de 50 mil lojas em todo Brasil

O Programa NEX é um sistema de gestão comercial que vai facilitar a rotina da sua Loja. Com ele você pode controlar seu estoque, registrar suas vendas, controlar o caixa, emitir nota fiscal, fazer orçamentos, imprimir recibos e etiquetas, cadastrar clientes, produtos, fornecedores, controlar as contas a pagar e muito mais!

Baixe agora mesmo. É fácil!

Baixe Grátis
Ao baixar e instalar o Programa NEX você concorda com os Termos de Serviço do Software

A Nextar é uma empresa especializada em desenvolvimento de software para comércio, com 16 anos de experiência, presente em mais de 50 mil estabelecimentos em todo Brasil.

Criadora do Programa NEX, para lojas e comércios de todos os tipos, possui conhecimento profundo do dia a dia de seus clientes e oferece soluções de qualidade para transformar o gerenciamento de um comércio em uma tarefa simples, fácil e segura.

Conheça melhor a Nextar