Controle sua Loja com NEX. É Grátis!

Voltar ao Início do Blog
Coronavírus

Manual de boas práticas comerciais durante a quarentena do coronavírus

Além do pânico causado no mundo todo pela pandemia do coronavírus, a doença começa a afetar também os comércios de todo o Brasil. Restaurantes e lojas tiveram queda no movimento e temem prejuízo por conta do isolamento preventivo.

Devido à sua transmissão acelerada e o risco epidêmico crescente, o coronavírus fez com que alguns estados interrompessem as atividades em escolas e empresas e a tendência é que o mesmo aconteça com os comércios de todo o país, exceto aqueles que prestam serviços essenciais à saúde, como farmácias.

A higienização correta das mãos é a melhor maneira de prevenir o contágio do COVID-19, por isso a procura por álcool em gel se tornou muito maior do que a oferta nas últimas semanas, sendo que já não se encontra em diversos estabelecimentos e, quando se acha, o preço pode ser exorbitante. 

Elevar o preço de produtos de forma expressiva e sem justa causa é proibido pelo artigo 39 do Código de Defesa do Consumidor (CDC). As agências do PROCON estão sendo notificadas por esta prática, em todo o Brasil, e recolhendo estoques de álcool em gel com preço abusivo. 

Sendo assim, preparamos um manual de boas práticas comerciais para que o seu negócio consiga driblar a falta de movimento e lucre de maneira justa, sem correr riscos de ser penalizado pelo PROCON e, de quebra, evitar que o contágio por coronavírus se intensifique na sua região.

Fique on-line

O comércio eletrônico permite realizar transações de maneira prática, possibilitando acompanhar suas compras, solicitar encomendas, realizar transações financeiras e outras diversas facilidades, muito convenientes neste período de quarentena. Clicando aqui, para ler o texto “Como o seu comércio pode vender mais pela internet?”, você aprende a lidar com a ampla concorrência do ambiente on-line e tudo sobre canais de divulgação e impulsionamento do seu negócio.

Além disso, uma maneira gratuita e eficiente de migrar para o on-line (e driblar o período de isolamento) é investir em atendimento pelo Whatsapp, recebendo seus pedidos pelo aplicativo. Assim, seus clientes podem passar na loja apenas para fechar a compra e pegar seus itens, evitando a movimentação pelo estabelecimento e o contato direto entre as pessoas.

Para saber mais sobre como usar o WhatsApp no seu comércio, clique aqui.

Sendo que o WhatsApp já tem uma ferramenta especial para quem quer incluir o chat no seu comércio. Com o WhatsApp Business, além das funções da versão normal, os usuários poderão responder dúvidas e atender reclamações de forma automática, personalizar o perfil comercial e acompanhar estatísticas. Também é possível migrar suas conversas do perfil pessoal para o profissional, sem precisar que os consumidores usem a mesma versão.

Saiba quais funções do Whatsapp Business você pode usar no seu comércio para melhorar a experiência do seu cliente durante a quarentena clicando aqui.

Uma outra dica é imprimir cartões com seu número de WhatsApp e distribuir entre os seus  clientes. Também prepare um cartaz e deixe próximo ao caixa, informando o atendimento via chat.

Ofereça delivery

Associe seu comércio a um aplicativo de entrega. A previsão é de que as pessoas deixarão de buscar por serviços físicos e o substituam por serviços de delivery:

  1. O Rappi atende diferentes ramos, fornecendo o transporte de mercadorias para todo tipo de comércio, incluindo mercados e farmácias. Para saber mais sobre esta plataforma, clique aqui. O link inclui informações sobre o que é o Rappi, como se cadastrar, como receber e quais são as taxas envolvidas.
  2. O Uber Eats terceiriza a entrega de refeições e faz parte do conjunto de negócios da Uber, cujo foco é o transporte público. Fique por dentro de tudo sobre o Uber Eats clicando aqui.
  3. O iFood oferece um serviço para pedidos de refeições através de smartphones, tablets ou pelo seu site oficial. Saiba como cadastrar seu restaurante no iFood, é só clicar aqui.

Além disso, todas as plataformas acima estão engajadas em diversas campanhas para evitar o contágio, estimulando os usuários a fazerem o pagamento on-line para que o entregador tenha o mínimo de contato possível, diminuindo as chances de transmissão.

Cuidados para o ambiente físico

Enquanto os comércios não forem obrigados a fechar, mesmo com o baixo movimento, o gestor deve tomar algumas precauções a fim de atender os consumidores locais durante o período de quarentena:

  1. Reduzir o quadro de funcionários, escalando apenas a quantidade mínima necessária para o funcionamento da loja.
  2. Deixar frascos de álcool em gel em pontos estratégicos do estabelecimento, tanto para os seus funcionários quanto para os seus clientes.
  3. Orientar seus funcionários para evitar tocar olhos, nariz e boca. Pois essas regiões são sensíveis à contaminação por terem contato direto com a corrente sanguínea. Enquanto as mãos estão em contato constante com outras superfícies e podem ser vetores de vírus e bactérias. 
  4. Abraços e apertos de mão devem ser desencorajados.
  5. Caso qualquer funcionário apresente qualquer sintoma da doença, peça para que fique em casa.

Além disso, a fim de evitar a ruptura de estoque, estipule uma quantidade máxima de compra dos produtos de maior procura para que nenhum cliente fique sem. Além, é claro, de praticar preços competitivos honestos, sem aumentos abusivos repentinos, previsto pelo CDC. 

Para mais dicas de como vender e lucrar mais no seu bairro, clique aqui.

Organize sua finanças

Aproveite este período de baixa movimentação para organizar suas finanças e se especializar em assuntos sobre planejamento, por exemplo. O planejamento financeiro funciona como uma ferramenta que pode ser utilizada a curto prazo para ajudar a empresa a lidar com o capital de giro, necessário para o pagamento das despesas cotidianas.

Você pode incluir no seu planejamento uma quantia que vai direto para um fundo de reserva, a fim de conseguir deixar guardado uma quantia para situações emergenciais e imprevistas, como a própria epidemia do coronavírus. 

Comece a estudar sobre planejamento financeiro clicando aqui.

Ideia de negócio

Caso você seja dono de um mercadinho, farmácia ou loja de conveniência, prepare "kits quarentena", com produtos de higiene e alimentos estratégicos para períodos de isolamento. Ofereça entregas para os clientes do bairro a um valor especial.

A ideia aqui não é estimular a estocagem desses mantimentos. Em algumas localidades dos países mais afetados pelo coronavírus, as pessoas já experienciam a falta de mantimentos básicos, como papel higiênico e alguns alimentos, pelo excesso de estoque de alguns consumidores.

Considerações

Há muito alarde sobre a pandemia do coronavírus e é natural que haja desencontros sobre a real situação da doença, mas é imprescindível que as recomendações da OMS e outros órgãos de saúde sejam seguidas à risca. 

O fato de não pertencer a grupo de risco não lhe torna imune! Vale ressaltar que mesmo não fazendo parte do grupo de idosos e/ou pessoas com problemas respiratórios, um indivíduo saudável ainda pode se tornar um transmissor. 

Por mais que os noticiários pareçam alarmistas, não se pode descartar a realidade desta pandemia. Independente do quanto as medidas pareçam extremas, é preciso manter em mente que a melhor defesa que temos, no momento, é a prevenção.

Mantenha a cautela, mas não deixe a esperança de lado! Embora o surto seja preocupante, existem razões para continuarmos otimistas. O mundo nunca esteve tão preparado para combater doenças. 

Em menos de duas semanas, já havia sido identificada a sequência do genoma do coronavírus. Uma vez que sabemos mais sobre ele, fica mais fácil diagnosticá-lo em novos casos e ficamos mais próximos de uma vacina.

E lembre, a iminência de uma epidemia não é uma oportunidade de negócio. Independente da sua visão política, saúde não deve ser tratada como mercadoria. É um bem coletivo. Seu comércio tem tudo para passar por esse período sem quebrar, se todos colaborarmos, e isso não inclui o aumento oportunista nos preços.

Edson

Oi, eu sou o Edson Macari! Estou aqui para ajudar a simplificar a gestão de seu pequeno comércio. Vou escrever sobre assuntos relacionados à gestão, ao atendimento, à equipe e a tudo o que envolve seu dia a dia como comerciante. Ficarei feliz em receber suas sugestões!

Conheça o Programa NEX

O NEX é um sistema de gestão comercial completo para sua loja!

Download Grátis

Deixe seu comentário!

Fique por dentro!

Deixe seu e-mail para receber novos conteúdos como este

Obrigado, seu e-mail foi cadastrado com sucesso!

Desculpe, alguma coisa não deu certo. Por favor, tente novamente!

COMPARTILHE

Fique por dentro!

Deixe seu e-mail para receber novos conteúdos como este

Obrigado, seu e-mail foi cadastrado com sucesso!

Desculpe, alguma coisa não deu certo. Por favor, tente novamente!

Conheça o Programa NEX

O NEX é um sistema de gestão comercial completo para sua loja! Fácil de implantar, Simples de Usar e com todo o Suporte que você precisar.

Download Grátis
Central de Ajuda

Para dúvidas sobre o Programa NEX ou Suporte Online...

Acesse a Central de Ajuda
Veja também:

Veja mais sobre

Voltar ao Início do Blog

Simplificando a vida de mais de 50 mil lojas em todo Brasil

O Programa NEX é um sistema de gestão comercial que vai facilitar a rotina da sua Loja. Com ele você pode controlar seu estoque, registrar suas vendas, controlar o caixa, emitir nota fiscal, fazer orçamentos, imprimir recibos e etiquetas, cadastrar clientes, produtos, fornecedores, controlar as contas a pagar e muito mais!

Baixe agora mesmo. É fácil!

Baixe Grátis
Ao baixar e instalar o Programa NEX você concorda com os Termos de Serviço do Software

A Nextar é uma empresa especializada em desenvolvimento de software para comércio, com 16 anos de experiência, presente em mais de 50 mil estabelecimentos em todo Brasil.

Criadora do Programa NEX, para lojas e comércios de todos os tipos, possui conhecimento profundo do dia a dia de seus clientes e oferece soluções de qualidade para transformar o gerenciamento de um comércio em uma tarefa simples, fácil e segura.

Conheça melhor a Nextar